Oración , Preghiera , Priére , Prayer , Gebet , Oratio, Oração de Jesus

http://www.midbar.it/images/home_1_00.jpg  
CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA:
2666. Mas o nome que tudo encerra é o que o Filho de Deus recebe na sua encarnação: JESUS. O nome divino é indizível para lábios humanos mas, ao assumir a nossa humanidade, o Verbo de Deus comunica-no-lo e nós podemos invocá-lo: «Jesus», « YHWH salva» . O nome de Jesus contém tudo: Deus e o homem e toda a economia da criação e da salvação. Rezar «Jesus» é invocá-Lo, chamá-Lo a nós. O seu nome é o único que contém a presença que significa. Jesus é o Ressuscitado, e todo aquele que invocar o seu nome, acolhe o Filho de Deus que o amou e por ele Se entregou.
2667. Esta invocação de fé tão simples foi desenvolvida na tradição da oração sob as mais variadas formas, tanto no Oriente como no Ocidente. A formulação mais habitual, transmitida pelos espirituais do Sinai, da Síria e de Athos, é a invocação: «Jesus, Cristo, Filho de Deus, Senhor, tende piedade de nós, pecadores!». Ela conjuga o hino cristológico de Fl 2, 6-11 com a invocação do publicano e dos mendigos da luz (14). Por ela, o coração sintoniza com a miséria dos homens e com a misericórdia do seu Salvador.
2668. A invocação do santo Nome de Jesus é o caminho mais simples da oração contínua. Muitas vezes repetida por um coração humildemente atento, não se dispersa num «mar de palavras», mas «guarda a Palavra e produz fruto pela constância». E é possível «em todo o tempo», porque não constitui uma ocupação a par de outra, mas é a ocupação única, a de amar a Deus, que anima e transfigura toda a acção em Cristo Jesus.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

ELDER PORPHYRIOS Testimonies and Experiences



Photograph of Elder Porphyrios (taken from: http://www.rel.gr/photo/displayimage.php?album=45&pos=34)

"I will tell you one particular story, which shows the grandeur of Elder Porphyrios' soul. Many, many years ago, on the eve of Theophany, * he went according to custom to bless houses with holy water. As he was entering the houses, one after the other, he entered, without realizing it, a house of ill-repute. At the moment when he began to chant "O Lord, save Thy people ..." and to bless, the manageress said to him,

"Don't, don't, it's not right for them to kiss the cross."

Then, Elder Porphyrios replied, "I don't know whether it's not right for them or for you to kiss the cross."

Those women kissed the cross and Elder Porphyrios spoke with them a little. He told them about love towards God, that was his favorite subject.

Seeing the saintly figure of Elder Porphyrios, these women changed inside. Especially when he told them, "Love Christ Who loves you and you'll see how happy you'll be. If only you knew how much Christ loves you. Make an effort to love Him, too."

Elder Porphyrios knew that if those women got to know Christ and to love Him, because knowing leads to loving, then they would abandon the miserable profession that they practiced."
(taken from: http://www.oodegr.com/english/biblia/Porfyrios_Martyries_Empeiries/B5.htm)

For more on Elder Porphyrios, see: http://orthodoxphotos.com/Orthodox_Elders/Greek/Fr._Porphyrios/index.shtml.

 

ELDER PORPHYRIOS
Testimonies and Experiences
By Klitos Ioannides
Translated from the 5th Greek (revised) Edition
Published by the Holy Convent of the Transfiguration of the Saviour - Athens 1997
(With the kind permission of the Holy Convent to post the book in electronic form)


DE:http://www.oodegr.com/